GIRO DE NOTICIAS

CIDADES

Featured Post (Slider)

POLITICA

Java

Test Footer 2

ENTRETENIMENTO

Movie Category 3


Movie Category 5


Publicidade


Sub menu section

Publicidade


Seguidores

ALAGOA GRANDE

POLITICA

GALERIA DE FOTOS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Homem é condenado a 17 anos de prisão por matar e enterrar sogra em casa, na PB


3103_img-20160424-wa0021.jpg

Cassiano Gonçalo Patrício foi condenado a 17 anos de prisão, inicialmente em regime fechado, por ter matado e enterrado sua sogra na despensa de casa, no ano de 2016. O júri popular ocorreu nesta sexta-feira (23), em João Pessoa. A defesa já afirmou que vai recorrer da decisão do 1º Tribunal do Júri.
No dia 5 deste mês, o julgamento foi adiado pela ausência de um jurado. Cassiano Gonçalo foi denunciado pelo Ministério Público pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. A defesa requereu a desclassificação do delito, para o homicídio privilegiado, afirmando que o réu sofreu ofensas que teriam motivado a morte da vítima, mas um parecer requereu a pronúncia do denunciado e o julgamento pelo Tribunal do Júri.
Na época em que o assassinato foi descoberto, a polícia informou que ele havia confessado a autoria do crime e disse que queria ficar com os bens da vítima. Maria do Socorro Gomes Freitas ficou desaparecida por uma semana, até que os policiais do serviço de inteligência receberam uma denúncia anônima de que ela estava enterrada dentro da própria casa. A mulher foi encontrada na despensa da residência.
Durante as investigações, uma vizinha da vítima disse que o genro morava na mesma casa dela havia pouco tempo, mas que a relação entre eles era marcada por conflitos. "Recentemente ela estava morando com a filha, o genro e um neto bebê. Com a filha ela tentava manter uma relação boa, mas, de um tempo pra cá, quando o genro veio morar junto, eles começaram a se desentender. Ela exigia que ele trabalhasse para sustentar a filha dela, mas ele não queria", disse a amiga da família
G1

Paraibano paga 50% de impostos em cada litro de combustível abastecido


paraibano-paga-50-de-impostos-em-cada-litro-de-combustivel-abastecido

Cerca de 50% do preço de cada litro de combustível abastecido pelos paraibanos é de impostos. A revelação é do presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindipetro-PB), Omar Hamad Filho, que, nesta sexta-feira (23), voltou a criticar a forma como tem sido discutida a atual política de preços do setor pelo governo federal.
“É precipitada a conclusão de que uma diminuição do preço da gasolina pura, anunciada pela Petrobras, implica diminuição, no mesmo porcentual, do preço cobrado do consumidor, uma vez que a questão está na alta carga tributária sobre o setor”, declarou o presidente.
Hamad Filho informou que o preço médio da gasolina estabelecido pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) é de R$ 4,09, sendo metade dele só de impostos, como PIS, Cofins, ICMS e Cide. “Vale salientar que na composição do preço da gasolina C, que é a consumida nos postos, apenas 30% é relativo à gasolina A, que é a vendida pela Petrobras às distribuidoras, 12% é relativo ao álcool anidro adicionado no combustível, 44% são os impostos, restando 14% de lucro bruto para ser distribuído entre distribuidoras, transportadora e postos revendedores. E ainda assim é o posto que é o vilão da história?”, questionou.
“Cada litro de gasolina ou diesel vendido no Brasil tem seu preço composto basicamente por cinco parcelas distintas: preço de aquisição do produto, tributos, logística (fretes, armazenagem e manuseio), remuneração dos distribuidores e remuneração dos revendedores”, acrescenta ao completar: “cada Estado tem alíquotas de ICMS distintas e a Paraíba, por exemplo, é uma das mais caras, 30%”, adicionou o presidente do Sindipetro-PB.
Omar Hamad avaliou que, em porcentagem aproximada, o peso da gasolina sem etanol sobre o preço final do combustível é de 30%”. Assim, se, hipoteticamente, conforme registrou, “o litro da gasolina tem o preço ao consumidor de R$ 4,00 e a Petrobras oferece um desconto de 5% sobre o seu produto, esse desconto, se passado integralmente para o consumidor, será de 5% sobre R$ 1,20 (30% do preço final, que é o componente da gasolina pura neste preço final de R$ 4,00). O desconto será de R$ 0,06 e não de R$ 0,20, como alguns podem interpretar”, finalizou.
O alto valor pago em impostos também influencia no preço de outros combustíveis de automóveis, assim como do gás de cozinha. Confira tabela abaixo:
 Tributos Federais (CIDE + PIS/COFINS)Tributo Estadual (ICMS)CIDE + PIS/COFINS + ICMSPreço na RefinariaPreço médio de vendaDiferença
Gasolina0,6521,1861,8371,5143,9740,623
Etanol0,2420,7180,9601,5663,0060,480
Diesel S5000,4710,6041,0751,7363,3050,494
Diesel S100,4710,6231,0941,7363,4150,585
Fonte: Petrobras/Procon-JP
Gás de cozinha (R$)
 Tributos Federais (CIDE + PIS/COFINS)Tributo Estadual (ICMS)CIDE + PIS/COFINS + ICMSPreço na RefinariaPreço médio de vendaDiferença
Botijão 13kg2,1812,2014,3823,167032,46
Fonte: Sindigás
Jornal Correio da Paraíba

Maranhão acredita que Ricardo deixará Governo e será eleito senador


Maranhão acredita que Ricardo deixará Governo e será eleito senador

O senador José Maranhão (MDB), pré-candidato ao Governo do Estado, deu hoje sua opinião sobre o futuro político do governador Ricardo Coutinho (PSB) e disse que o socialista deve deixar o Palácio da Redenção para disputar uma cadeira no Senado Federal: "Eu não estou aqui fazendo comercial de Ricardo. Somos adversários, mas eu faço uma política republicana, respeitando os adversários e acho que ele não vai perder uma chance de representar a Paraíba no Senado, como tem sido a tradição republicana", disse o presidente estadual do MDB em entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, citando seu próprio caso, de ter sido candidato após deixar o Governo e sido eleito para o Senado.
 
Ao ser questionado sobre a caracterização de sua pré-candidatura como governista ou de oposição, Maranhão resumiu: "Minha pré-candidatura pertence ao eleitorado. Claro que eu sou um homem de partido e não escondo isso de ninguém. Em toda a minha vida pública jamais assumi uma postura de hostilidade àqueles que têm bons projetos, que querem uma Paraíba melhor", disse.
 
Copyright © 2014 BLOG DO RILDOSeguro Desenvolvido Por Netinho Soluções Web.